sábado, 23 de maio de 2015

Sobre blogs e blogagens

Ano passado fez dez anos que comecei a blogar. "A priori", os (mortos?) fotologs, para dar notícias para a família, principalmente da Bibizoca, que crescia em outro país. "A posteriori", os textos foram se tornando mais constantes.

Blogueiro entende blogueiro. E percebo uma característica muito presente em todos os escrevedores de blog: um dia, a gente cansa. Noutro, a gente volta.

Assim aconteceu comigo. Cansei da blogsfera porque achei que estava se transformando em um universo chato.

Através de um blog, fazemos amigos. O advento do Facebook trouxe duas vertentes para bloqueiros: a primeira, foi a proximidade. A segunda, a distância do instrumento que fez com que as pessoas se conhecessem.

Passei a sentir falta de blogs reais. Temáticos ou não. Com dicas legais ou inúteis, depende de cada um. Mas blogs verdadeiros.

Alguém inventou a tal blogagem coletiva. Se blog é um diário para contarmos nossos encontros com a vida, como fazer árdua tarefa de forma coletiva? Hoje falaremos sobre sabonete e bola de cristal. Todos linkan seus textos com a "blogueira chefe criadora da bobagem coletiva". Assim, todos escrevem sobre sabonete e bola de cristal, inclusive quem não toma banho e nunca viu uma bola de cristal. Ficou chato.

Com o Facebook, passa-se a conhecer mais blogueiros. Conhece-se "panelas", tribos, grupos que se identificam. Entretanto, o Facebook é uma ferramenta sócio-virtual que consome tanto tempo, que os blogs param de serem lidos, de serem escritos. Perde-se o tesão pela coisa.

Tive vontade de voltar. Cinco meses fora do Facebook fizeram toda a diferença na minha vida. Sinto uma falta enorme de pessoas que conheci na rede. Amizades que desvirtualizaram, blogueiras que se tornaram amigas virtuais mais presentes, novas blogueiras que nunca sequer tinha lido o blog. 

Não faço blogagem coletiva. Não faço publicidade no blog. E há muito tempo, leio os blogs sem deixar comentário. Tem gente que não gosta. Eu não me importo: nem que leiam o meu sem comentar (aliás, repito isso há muitos anos), nem quem se chateia por eu ler sem deixar comentário. 

Na blogsfera, não existe regra. Cada um é dono do seu espaço e faz dele o que bem entender. Quem gosta, volta. Quem volta sempre, cria vínculos. Nem sempre, entretanto, temos tempo de interagir com o grande número de amizades que fazemos. O que não quer dizer que seja descaso com as pessoas. Apenas o tempo, sempre ele, o senhor dos meus dias!

Hoje estou de volta. Devagar, quase parando, mas querendo registrar algumas coisas que se passaram em 2014 e ficaram para trás. Farei os registros aos poucos. Que venham novos amigos. Que os velhos voltem. E quem nunca foi, que continue!

p.s.: decidi voltar a blogar por dois motivos: registrar minha vida e entender o porquê de meu blog receber tantas visitas diárias, semanais, mensais, mesmo sem atualizações. Algo de curioso deve haver, ou no blog, ou na minha vida! 

5 comentários:

  1. Oi, Ursula. Tanto tempo querendo vir aqui, mas como vc não está no FB, achei que não estaria aqui tb. Saudade de você!
    Venho para lhe dar um grande beijo e um forte abraço, pelo seu aniversário.
    Deus a abençoe muito e sempre, com alegrias, saúde e paz.
    Beijo. Você faz falta, viu?
    (coraçãozinho vermelhinho do FB para você. <3) rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucia querida....saudades de um monte de gente. Minha vida deu uma reviravolta total. Tenho tentado escrever uma mensagem para algumas amigas, mas não consigo me organizar. Obrigada pelo carinho. Meus sentimentos pela passagem da sua mae. Li no seu blog no dia das mães, mas não tive palavras para comentar. Parabéns pelo seu aniversario também. Que tenhamos ainda oportunidade para voltar aos velhos tempos e vida longa para muito papo em dia. Ainda vou para BH te encontrar! Beijos grandes

      Excluir
  2. Olá! Meu nome é Silvana. Li um post seu aqui, bem bacana, sobre as escolas da zona norte. Queria trocar figurinhas com você. Decepcionei muito com a escola do meu filho, de seis anos e seria de grande valia ouvir suas opiniões atuais. Obrigada e um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana, muito prazer e obrigada pelo comentário. Vou te deixar um contato para falarmos mais sobre as escolas, espero poder te ajudar: ursulahummel@gmail.com/ursulahummel@hotmail.com. Bus

      Excluir
  3. Olá Ursula! Senti sua falta. Engraçado como a vida traz até nós pessoas que nos marcam. Como você eu me afastei do blog, aos poucos estou voltando. Leio muitos e comento em dois ou três. Fiquei feliz em ler este post. Continuo a torcer por ti e pelos seus. Felicidades hoje e sempre. Beijos

    ResponderExcluir