domingo, 14 de julho de 2013

Sobre o chá de bebê da Júlia

Legenda: A Fofs - mamãe da Lorena, eu, mamãe dos Pandinhas, e a Pops, com a Juju na barriga

Foi pela mãe da Júlia, ou melhor, pelo casamento dos pais da Júlia, que perdi o show do Elton John, alguns anos atrás. Faria tudo de novo, pois foi emocionante ver o nascer daquela família, que agora será coroada com a chegada da Júlia, minha sobrinha torta e a quem já amo.

Como amar alguém que nem conhecemos? É assim: a gente conhece alguém, fica amiga, cria histórias, começa a amar e tudo que vem dela, a gente ama.

A mãe da Júlia chama-se Thaís (com H, como ela frisa sempre), é politicamente correta, toda certinha, e por isto nos identificamos. Ela é muito mais nova que eu, tem a idade do meu irmão caçula, logo, recebi-a como uma irmã caçula. Portanto, tenho direito de ser tia postiça da Juju. Ela casou-se com o Alê, que é um fofo, e formaram uma família fofa.

A Thaís foi minha vizinha de porta. Foi com ela que dividi parte dos melhores anos da minha vida: os anos da balada, da vida social intensa, dos barzinhos, da faculdade, das risadas infinitas, de ir na casa uma da outra de pijama, de assistir filme depois da faculdade. Foi com a mãe dela, que aprendi muito de como ser mãe, de como amar uma filha e também em quem me inspirei para maternar durante o crescimento dos meus filhos.

Ontem assisti a um filme lindo, o filme da minha vida. Estive de volta ao lugar no qual nasceu minha filha, no lugar onde passei anos muito felizes, relembrei cheiros, visões, sons e as mais diversas sensações. Revi pessoas queridas, abracei muito, fui abraçada. Conheci a minha sobrinha torta Lorena, que é uma princesinha, e cujos pais também fazem parte de toda esta minha história de vida, de alguma maneira.

Agora é aguardar o nascimento da Juju, que junto com a Lolo, serão candidatas em potencial para casar com meu Petelequinho, e eternizarmos estes laços. 

Uma coisa que digo e repito, sempre: sou uma pessoa que preciso tomar cuidado demais com aquilo que desejo, pois tudo se torna realidade!

E que venham lindas histórias de amor em nossas vidas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário