segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Sobre uma intimidade

Outro dia, marido e eu estávamos conversando e falei para ele que a última vez que fizemos coisas que marido e mulher fazem, tinha sido a segunda melhor vez da minha vida. Curioso, ele quis saber quando tinha sido a melhor, já que meu comentário foi meio jogado ao vento, sem contexto.

"A melhor vez ainda não aconteceu, porque a próxima sempre será a melhor, mas quando ela passar, terá virado a segunda melhor, e ficarei aguardando a próxima para que seja a melhor."

Pareceu confuso. Parece confuso. Mas não é!

Estou em constante busca pelo melhor na vida. Quero evoluir, progredir e prosperar, seja no sentido material, seja no espiritual. Não posso manter um alto padrão, achando que aquilo que estou vivendo é a melhor coisa da minha vida, porque o melhor sempre está por vir. O melhor é aquilo que estou buscando, e só vou encontrar no dia seguinte. Mas se eu me contentar e me satisfazer com aquele melhor atingido, tendo a estagnar, a estancar minha busca pelo meu melhor, pelo melhor que a vida tem a me oferecer. Por isto quero sempre encontrar amanhã algo que seja melhor que hoje!

Concorda?

2 comentários:

  1. Totalmente apoiado. Sempre há de ser melhor, se nos permitimos melhorar. Quando se fala sobre alguém que amamos muito, fica ainda melhor quando estagnar na mesmice por ter sido bom o que vivemos não é uma opção.
    Busque sempre o seu melhor que você sempre será uma mulher realizada, feliz e amada. Ou melhor, ainda mais.
    Beeeijos :*

    ResponderExcluir
  2. Com certeza concordo, adorei. E que inspiração para tirar da sua intimidade o exemplo para nos mostrar essa necessidade de buscar o melhor da vida.
    Não poderia haver um exemplo tão "palpável"...porque nos toca profundamente.

    Beijos

    ResponderExcluir