segunda-feira, 14 de março de 2011

Criança sabe das coisas?

Dia primeiro, meu pai completaria 55 anos se estivesse vivo. Orei por ele quando acordei e passei o dia em paz. Final do dia, fui buscar Peteleco na escola. Quando ele entrou no carro, contei que seria aniversário do vovô, se ele estivesse com a gente. Na sabedoria infantil, ele questionou:
- E por que ele não faz mais aniversário, se está no céu?
- Porque aniversário é comemoração da vida, e não da morte.
- Mas olha só que chuva, quanto trovão. Ele está fazendo o aniversário lá no céu, junto com Deus, São Pedro e os anjinhos. Aposto que o seu pai está brincando de pega-pega e todo feliz!

*****

No dia seguinte ao ocorrido, vou levá-lo à escola. Entro no carro e falo sozinha, em voz alta:
- Mochila do inglês: livro, livro de exercício, caderno, agenda, lanche para o inglês. Mochila da natação: óculos, chinelo, sunga, roupão, toalha, shampoo, sabonete, touca, escova de cabelo. Mochila da escola: roupa reserva, agenda. Ah, como é duro ser mãe. Na próxima vida vou nascer pai!
Com aquele humor ácido que toda criança tem intrinsicamente, ele respondeu na lata:
- Se você nascesse pai, ia ter que trabalhar o dia todo, e não ficar só em casa que nem você fica.
Argumentei:
- Mas filho, você pensa que eu não trabalho? Quem lava roupa, cuida da casa, faz comida, compra tudo que precisamos, paga as contas da família toda, leva e busca na escola, prepara lanche, mochilas? Tudo eu. Na próxima vida, quero ser pai, que só tem um chefe pra encher o saco, ao invés de marido e filhos.
- Credo mamãe, você não ama eu e minha irmã?
- Claro que amo.
- Então é melhor ser mãe. Porque quando o papai está trabalhando, a gente te dá muito mais beijo e abraço do que ele, que só vê a gente "de noite" ou "de férias".

*****

Preciso dizer algo?

2 comentários:

  1. O que me espanta não é saber das coisas, porque acho que no fundo todo mundo, grande ou pequeno, sempre sabe. Acho que a diferença com criança é que elas não deixam de falar. Com a idade a gente vai travando a lingua e deixa de ser completamente honesto até com a gente mesmo. E esquece como era quando podia falar tudo.
    Um beijo,
    N.

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkk sou fã do peteleco.. esse menino será um grande homem...

    Beijos !!!

    ResponderExcluir