domingo, 27 de março de 2011

Casos reais na vida de uma família que consome

Há exatos quinze meses, meu microondas que tinha catorze meses de uso quebrou. Geralmente, as coisas quebram em casa logo que a garantia vence e com o microondas não seria diferente. 

Meu primeiro aparelho de microondas, comprado dezenove anos atrás, ainda está vivo. De uma marca que só vi aquele eletrodoméstico, e nunca mais: Goldstar. Depois deste, tive mais uns cinco, seis, ou mais. Juro que não consigo contar. Todos duraram pouco.

Quando o aparelho quebrou, liguei na assistência técnica da Brastemp. Eles vieram em casa e depois  me ligaram para aprovar o orçamento de duzentos e vinte e oito dinheiros, pela troca da placa. Não aprovei, claro.

O aparelho ainda funciona. Só que apenas um botão funciona. O botão de "um minuto". Então se preciso usar o aparelho por um minuto e trinta, tenho que desligá-lo da tomada para "reiniciar" o seu computador interno. Sim, porque o botão "desligar" não funciona.

Este aparelho durou um mês a mais que o seu antecessor, da marca Panassonic. Troquei de fabricante por recomendação de um técnico, que disse que esta marca não prestava.

Hoje, depois de mais de um ano ligando e desligando o microondas da tomada, resolvi comprar outro. Mentira, resolver eu já tinha resolvido há muito tempo, mas primeiro não tinha dinheiro, segundo que não era prioridade, terceiro que ele ainda funcionava, cumprindo sua única função aqui na nossa casa: esquentar a comida.

Para minha surpresa na pesquisa de preço, este aparelho da Brastemp, idêntico ao "quebrado", custava duzentos e noventa e nove dinheiros. Vou pagar quase que o mesmo preço cobrado pela empresa pela troca de apenas uma placa. Apesar da raiva pelo roubo deles, e concluindo que nenhuma marca presta, optei por este aparelho básico e barato, que vai me servir por mais um ano e pouco, me fazer sentir raiva de novo e partir em busca do próximo. 

E assim caminha a vida de quem consome...

Um comentário:

  1. Eu tive a mesma sorte com os computadores da HP. É só acabar a garantia que o bichinho pifa. O primeiro simplesmente queimou a placa mãe e me custaria 1300 dinheiros para arrumar. Este pifou a placa de vídeo. No momento estou digitando no note e olhando para o monitor do desktop que está ligado nele.

    Por isso vou comprar um sony vaio com 3 anos de garantia na fast shop. Assim, se daqui 3 anos ele der problema, já estará na hora de trocar de novo...

    Por falar nisso, vou postar sobre isso hoje... Odeio a HP...

    E vc melhorou? Beijos

    ResponderExcluir