terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Utopias

Qual é a sua utopia?

A minha tem sido, nos últimos muitos anos, encontrar uma assistente doméstica que atenda minhas necessidades. Não precisa saber ler, escrever, cozinhar, lavar, passar, limpar. Nada disso. Sou capaz de ensinar-lhe tudo. Mas uma coisa é imprescindível: ela precisa saber ouvir. Assim, fica tão simples. Eu falo, ela ouve, absorve e bota em prática. Fácil? Não. U-T-O-P-I-A.

Alguns anos atrás, hospedamo-nos por duas semanas na casa da minha cunhada. A casa vivia com um cheiro impecável devido ao produto usado nos banheiros: desinfetante concentrado e aromatizante de ambientes Coala. Uma coisinha bem vagabunda, um vidrinho de 140ml que encontramos nos mais diversos segmentos varejistas. 

Quando o Peteleco nasceu, comprei o Coala na fragrância da minha cunhada: eucalipto. Minha secretária do lar naquela ocasião, encantada com aquele pequeno vidrinho de "amostra grátis" (na cabeça de jumenta dela), despejou o frasco todo de Coala em um balde com um pouco de água e passou pano na casa. Ao entrar em casa com as crianças, vomitei. Ela passou horas naquele dia limpando o apartamento para tentar aliviar aquele cheiro. Desde o incidente, peguei trauma do Coala.

Até que um dia...

Este dia foi cerca de um mês atrás. Fui à farmácia de manipulação de medicamentos homeopatas e enquanto aguardava pela manipulação de uma fórmula para as criancinhas, eis que vejo a nova fragrância do Coala: talco. Abri, experimentei e amei. Adoro cheirinho de talco. Comprei o único frasco. Cheguei em casa e expliquei para minha assistente do lar que aquilo era para ser usado APENAS NOS VASOS SANITÁRIOS, sendo colocado APENAS DUAS GOTINHAS, e que aquele mísero vidrinho duraria PELO MENOS TRÊS MESES se ela repetisse o procedimento diariamente. Contei o episódio da minha "ex" e ela se mostrou chocada.

Semana retrasada, vem a infeliz me pedir se podia colocar umas gotinhas na água para limpar o piso laminado da casa. NÃO, PELAMORDEDEUS, já não te expliquei que SÓ DUAS GOTINHAS DENTRO DOS VASOS SANITÁRIOS?

Semana passada chego em casa e peguei-a no flagra usando aquilo que colocamos no banheiro para limpar o piso da cozinha. Minha vontade? Pular no pescoço dela e enforcá-la. Ok, controlei meus impulsos sanguíneos, contei até mil por oitocentas vezes, expliquei DE NOVO e dei o assunto por encerrado.

Ontem chego em casa e a casa inteira cheirando Coala. Corri para o meu banheiro e liguei o chuveiro. Precisava sair do "banho" depois que a dita cuja fosse embora, pois nem contar até o infinito seguraria minha raiva.

Passei a noite pensando no que fazer:

Opção 1: dar algum líquido para ela tomar com várias gotas de Coala Talco dentro
Opção 2: perguntar se ela é burra, surda ou gosta de me irritar
Opção 3: demití-la
Opção 4: usar o marido Toruboi como bode espiatório.

Pelo menos aqui em casa, não há coisa que as funcionárias mais temam que o Toruboi. Não sei o porquê, já que ele é um doce de pessoa. 

Então acordei hoje e antes de olhar pra cara da assassina de Coala, respirei fundo. Disse que marido entrou em casa ontem e perguntou o que fizemos, já que a casa cheirava a banheiro. A FDP&%%#@@**&^~ descaradamente confessou que limpou a casa com Coala.

Falei pra ela que da próxima vez, ela vai ter que explicar pra ele. E para minha surpresa, sai cedo, voltei no meio da tarde e apenas os banheiros cheiram a Coala.

Assim espero que todos vivamos felizes para sempre. Fim.

7 comentários:

  1. Oi amiga. Tudo bem?
    É difícil as pessoas entenderem as coisas.
    Uma vez estava gripada e meu pai tinha Coala Eucalipto joguei no chuveiro e melhorei, mas tem que ser só um pouquinho.
    Apareça lá no meu blog novo gigonsalles.blogspot.com, pois o Mensagens vai ser excluído dia 31/1. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Ela faz isso para mostrar quem manda...hahaha... qto tempo ela está trabalhando na sua casa?

    ResponderExcluir
  3. Glenda, sao apenas dez meses...parece cachorro querendo marcar território!

    Gi, to te acompanhando. Só nao sei mudar o link na blog roll!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Amiga, a minha empregada trabalha aqui há 3 anos e ainda não entendeu que para produtos de limpeza o pouco significa muito.
    Olha só, um dia eu fiquei escondida olhando ela colocar sabão em pó na máquina. E de repente vi ela encher um copo. Na mesma hora apareci e expliquei que não precisava de tudo aquilo de sabão. E sabe qual foi a resposta dela? Que se colocar pouco sabão não vai espumar. Espumar? Oi?
    Sério, eu não sabia se dava risada ou chorava.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. huauhahuuhaa. aposto que vc cria o mito de que o cunhado é um monstro, só pra assustar a menina...
    ps: panda, coala, toru.... é do zoo?

    ResponderExcluir
  6. hahahahahahahaha...
    essa foi ótima !
    adoro o jeito como voce relata coisas tão comuns do nosso dia a dia....
    acredite... elas são mais surpreendentes que você. rsrsrs
    tô rindo até agora, só não sei o por quê exatamente, se por imaginar sua raiva, se pela cara de pau dela em confessar, ou por imaginar o que ela pensaria que o Toruboi fosse fazer, afinal alguém com este apelido é no mínimo pra ficar com o pé atrás, certo ? hhhhhhh
    bj
    Mirian

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkkkkkkkkkkk muito boa idéia de usar o marido....hauahuahua

    Beijos

    ResponderExcluir