segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Os sonhos do verão ficam para o William

Enquanto Shakespeare viveu todos os sonhos de uma noite de verão, restaram para mim os pesadelos.

Não me lembro bem de como eram as coisas na infância, mas tenho claro que nunca gostei de duas coisas: calor e praia. Não gostava de calor porque nunca gostei de ficar suada, e nem sempre estamos em algum lugar no qual podemos nos refrescar com uma chuveirada. E de praia porque a areia realmente me incomoda muito.

Cerca de treze, catorze anos atrás, adquiri uma alergia de pele. Assim, não pude mais ter contato com o sol. Os anos se passaram e a alergia ao sol transformou-se em alergia ao calor, ao suor e a tudo que é quente. Contudo tenho levado bem a situação. Até este verão.

Como estou sofrendo. Sofro porque o calor está insuportável a meses. O início da crise foi ainda em setembro, antes de entrar a primavera. Pois é, em pleno inverno, o calor já me consumia.

Meu corpo começa a criar manchas horrorosas. No início, era só no colo do peito. Mas tudo começou a descer, subir, espalhar-se para os lados, passou para os braços até o ponto de sangrar, pois coça muito, dói,  destrói a pele e dá a sensação de que nada voltará ao normal. Mas volta. A base de corticóide.

Então preciso escolher: ou tiro sangue da pele de tanto coçar, ou tomo corticóide e incho mais que balão. Fico com a segunda opção, que é a menos pior dentre as duas.

Com o calor intensificando, não posso baixar a dose do remédio, senão a alergia, a coceira e as manchas não regridem. E tomando corticóide sem cessar, fico inchada e com o rosto deformado.

Hoje acordei com o dedo cortado pela aliança, que enterrou e não sai de maneira alguma. O que fazer? Tomo diurético para conseguir soltar um pouco, encho o dedo com muito sabão e desenterro o anel. Com dor.

Estou cansada, esgotada, mal humorada, inchada, e conto os segundos para o frio chegar, para que eu consiga seguir adiante com o tratamento homeopático e encerrar este ciclo na minha vida.

Assim eu espero.

4 comentários:

  1. Ai, amiga, sofri junto com vc!

    Tb tenho alergia ao sol, por isso uso bloqueador solar religiosamente, já que não consigo sobreviver sem uma praia.

    Apesar disso, ainda prefiro calor do que frio. E olha que estou na menopausa (precoce, viu? Precoce!) e os calores se alternam com crises de suor frio.... ai, Jesus!

    Mas tô aqui, torcendo pelo inverno chegar - só pra você!

    ResponderExcluir
  2. Hhuahuahuahuhuauhahuahuahuhuahuaa
    Desculpa, não vai dar pra comentar o assunto sério do post... Não sei se o melhor foi vc estar cansada, esgotada, mal humorada e inchada ou a Bel que tá na menopausa precoce.... uhahuahuhuahuauhahuahua

    ResponderExcluir
  3. Vamoooooooooooooosssssssss!!!

    Grrrrrrrrrrrrr (latindo)

    ResponderExcluir