sábado, 29 de janeiro de 2011

Cansada de pessoas

Não foi só janeiro que me cansou. As pessoas também me cansaram. Nunca escondi de ninguém que sou a própria Saraiva: "tolerância zero". Tem momentos da vida, porém, que fico pior, mesmo que eu ache que não seja possível.

Minha amiga Karina está grávida e está com enjôo de gente. Eu não estou grávida e vivo enjoada de gente.

Gosto de pessoas rápidas, decididas e de iniciativa. Fico cansada quando as pessoas pensam que minha vida é Big Brother e ficam me seguindo. Não sou novela também. E mesmo que eu fosse uma novela, quem é que já viu autor que aceita pitaco de telespectador? 

Tenho uma "amiga" que vivia na minha casa. Veio jantar com marido e o filho, veio várias vezes passar a tarde com o filho, neste Solar e no anterior, e nunca nos convidou para ir a sua casa. Sempre me escrevia dizendo que estava com saudades. Cortei suas vindas em casa. E a saudade aumentou. Um dia respondi por email que já que a saudade era tanta, nós iríamos retribuir as inúmeras visitas e jantar na casa dela. A resposta? "Até parece que eu trabalho a semana inteira e vou cozinhar no fim de semana". O final todo mundo já sabe: nunca mais respondi a nenhum email e nem atendi a nenhum telefonema.

Todo mundo que não convive comigo acha que sou legal, mas se engana muito. Sou legal só até a página 20, quando o capítulo dois ainda não começou. Aí me transformo, porque me canso das pessoas, me canso de cobranças, me canso de tudo.

Amizade, para ser legal, tem que ser com liberdade. Tem que ser bilateral em todos os sentidos. Não é para ninguém bajular ninguém o tempo todo. Amigo que é amigo sabe quem é que está presente na sua vida, mesmo que em pensamento, mesmo que em orações.

Tenho muitos conhecidos, vários colegas, poucos amigos. Mas amigos os quais posso contar de verdade, em qualquer situação. Amigos que me procuram para chorar, mas principalmente para sorrir. Gente pra baixo tem um monte, dá para encontrar por quilo nas esquinas da vida. Agora quantas são as pessoas que compartilham o sorriso, a alegria, as vitórias?

Sempre fui muito falastrona. Compro um novo vidro de Coala e conto para todo mundo. Enquanto meus "amigos" compram carros, fazem viagens, planejam inovações nas suas vidas e não me contam nada, afinal, pessoas colocam olho gordo.

Para olho gordo, colírio diet. Pode parecer piegas, ou até mesmo clichê, mas é a receita da vida. Nunca tive olho gordo na vida de ninguém, pois os objetivos da minha são bem traçados, definidos e atingidos. Quem deseja o que é dos outros, não se conhece e não sabe o que quer da vida.

E não, antes que alguém me mande intermináveis emails querendo saber se me magoou, se fez algo que eu não gostei, a resposta já fica aqui para todo mundo: NÃO. Ninguém me magoou. É apenas uma reflexão de o quanto as pessoas são cansativas. Por isso, tantas vezes, prefiro a companhia do meu computador, que me entende e me compreende, à companhia de pessoas que me sugam e me consomem.

Continuo em 2011 na campanha pela vida: cada um cuidando da sua!

10 comentários:

  1. Adorei este post Ursula. Tambem canso de pessoas interesseiras, mesquinhas, egoistas...

    ResponderExcluir
  2. Isa, pelo menos nao me sinto tao só no meu mundo ranzinza!

    ResponderExcluir
  3. Onde eh a linha pra assinar?

    Penso exatamente assim. E em topicos:
    1. eu sou boazinha, mas so ate perceber q estou sendo usada. Aih viro uma vibora, pico mesmo, e com veneno.

    2. Nao ligo pra olho gordo. Quem me deu tudo q tenho eh poderoso pra me proteger da inveja alheia.

    3. ajudo qdo psso, e sempre que quero, a quem escolho. Nao ajudo quem vive pedindo. #fato.

    4. Nao cuido da vida de ninguem, deixa que da minha eu cuido!

    5. Grossa? Magina! Hahahahaha

    Beijo, flor!

    ResponderExcluir
  4. Pandinha querida,

    Acredito que você disse tudo, a vida é ótima desde que cada um cuide muito bem da sua. Nunca mais vou esquecer: "Quem deseja o que é dos outros, não se conhece e não sabe o que quer da vida"- Isso é tão verdade! Se você está bem consigo mesmo, sabe seus objetivos, não tem porque se preocupar com a vida alheia, não é mesmo? Tenha um ótimo final de semana!
    Beijinhos de Dublin

    ResponderExcluir
  5. Adorei o artigo. Criativo e real. Espero que o Dja não te cansou nunca! Ah! Ah! Ah! Felicidade!
    www.itu.com.br/dja

    ResponderExcluir
  6. Hhuahuahuahuhuaa... tô louco pra saber quem é a preguiçosa que não quer cozinhar pra vc... huehuehuehuhuee
    bjo

    ResponderExcluir
  7. First of all .. teu irmão tem cada tirada ótima... rsrsrs
    Preciso pagar direitos autorais para me apropriar de seu texto e mandar para uma "coleguinha" ? Ou é só copiar e dar os devidos créditos à sua autora ? rsrsrs
    Bjs
    Mi
    Bel, preciso da sua autorização tb ?
    vou copiar sua resposta.. hahaha

    ResponderExcluir
  8. Ameiiiiiiiii!!
    Faço das suas palavras as minhas!
    Cansei de sempre fazer de tudo pelos outros e pra mim é sempre nada.É sempre aquele ""não posso", "não vai dar" e etc.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Bel, qd crescer, quero ser como vc!

    Tatá, infelizmente amiga, a vida alheia é o Gd interesse na vida de alguns!

    Tigrao, vc é tao do bem q nao da pra cansar nunca!

    MV, na verdade sao varias as pessoas, nem da pra contar pq realmente da mais q uma mão de gente...

    Mi, CLARO q pode copiar, divulgar, sempre!

    Ka, vem com o Marido almoçar em casa qd o meu e o seu voltarem pro Br.?

    Beijos pra td mundo

    ResponderExcluir
  10. Agora que vi a Mi pedindo autorização pra pegar a minha resposta! Dada! Dadíssima! Eu sou uma pessoa muito Dadivosa! huahuaahuahua

    ResponderExcluir