segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Trocando Vigilantes do Peso por outro grupo de apoio

Quem já ouviu falar que alguém larga um vício e começa com outro? Acho que é verdade...

Sou viciada em comer. Adoro comer. Como quando estou feliz, como quando estou triste, como até dormindo, pois meus sonhos sempre tem comida. Se é reflexo de fome em outras vidas, aí só Chico Xavier pra me dizer. Fato é: AMO COMER.

Então que a criatura aqui já completou 36 anos de vida e não gosta de bebida alcoólica. Quando muito um cálice de licor, uma batidinha daquelas de leite condensado que servem em entrada de buffet infantil e só.

Até que um dia...

Este dia foi sábado. Fui com o Toruboi ao supermercado e comprei duas latinhas de chop com vinho. Minha amiga que também não bebe viria jantar em casa e comprei uma pra mim e outra pra ela. Dividimos a mesma, pois o negócio é ruim que nem cerveja.

Ontem tivemos o churrasco entre vizinhos e eu nervosa, sem saber se Bibizoca entraria em cirurgia hoje ou não, decidi deixar os tarjas pretas de lado e me entregar numa lata de cerveja. Pessoas, que coisa mais danada de ruim que é cerveja. Daí enchi o copo com groselha, e o negócio ficou menos pior. Entre picanhas, linguiças, frangos e maioneses, foram duas latas, do meio-dia às seis da tarde. 

Nunca imaginei que a tal cerveja fosse a cura para todos os males. Não é preciso receita azul para comprar, não tem que passar no médico para conseguir a receita, compra-se o quanto quiser, toma-se o quanto quiser também, faz a pressão baixar (já que é diurético), e o efeito da alegria é mais prolongador que Prozac.

Posto que ontem o condomínio inteiro me viu completamente bêbada (com duas latinhas de cerveja) e preciso retomar minha reputação ante os vizinhos, deixarei de frequentar os Vigilantes do Peso e vou direto para os Alcoólatras Anônimos. Vai que eu pegue o gosto pela coisa como meu irmão, que vive bêbado alterado feliz com a tal cachaça... melhor prevenir!

9 comentários:

  1. Amiga,

    Juro que se eu pudesse, hoje eu tomava todas!!rsrsrs
    Tô gostando de ver a versão Úrsula 2011!! hahah
    O jeito é deixar a vida te levar. Sábio Zeca pagodinho.rsrsrsrs

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. ahhh eu tb experimentei
    adorei
    é tipo um keep cooler!

    ResponderExcluir
  3. Que bacana seu cantinho!!!
    É parente do Mr. Lemos?
    Te sigo!
    Passe em www.sinaisdemimtl.blogspot.com e se instale por lá!
    Bjbj,
    TL.

    ResponderExcluir
  4. Eu tinha até saído de férias, mas ainda bem que voltei pra ver esse post. Vc quase me deixou orgulhoso. Quase. Se é pra estragar a cerveja botando groselha, melhor mesmo é vc voltar pro prozac e deixar o líquido sagrado pra quem sabe usá-lo... ;))

    ResponderExcluir
  5. Ah, e passa lá pra visitar a Thaís. Ela é gente boa!

    ResponderExcluir
  6. Ursinha ao invés de colocar groselha experimenta misturar cerveja com malzebier, fica bem gostoso mas cuidado de sobe rápido.
    Agora nas festinhas das crianças não vou a unica a beber cerveja oba!!!
    Agora me fala uma coisa? que cirurgia é esta da Isa?
    Vc viaja quando? acho que as fotos do niver vai ficar para janeiro, os dias estão muito corridos e a preguiça de sair de casa está grande.
    beijocas

    ResponderExcluir
  7. Jaquerida, viajamos semana que vem. E nos vemos em 2011! MV, cerva com groselha é MARA! Ká, vamos curtir né amiga? Thaís, sou irmã do tal de Lemos. Vou lá te conhecer!

    ResponderExcluir
  8. Lilly...cuidado amiga...casa nova com piscina e aquelas latinhas tipo keep cooler levam qq família ao delírio!

    ResponderExcluir
  9. Oi Ursula,
    então... as perguntas a que me referi é que, por exemplo, fiquei sem ter certeza se a Bibizoca fez cirurgia ou não, mas imagino que não... já que voces viajaram. Uma prece pela saúde dela e da família.
    Ahh fiquei com vontade de comprar a Dolce Gusto... vou colocar na minha lista de desejos.
    Talvez a resposta esteja em posts que ainda não li, mas eu poderia perguntar porque Toruboi?
    A origem da Pandinha eu já li. Boa noite!

    ResponderExcluir