sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Ser Professor

A vida de professor não é fácil em nenhum sentido. Salários baixos, cobranças trilaterais (por parte dos alunos, dos seus pais e do corpo diretivo da escola), trabalha-se vários turnos na tentativa de perfazer um salário decente e turnos infinitos em casa (professores de educação infantil que os diga).

Ao meu ver, a turma mais difícil de se lecionar é o sexto ano (ou quinta-série). As crianças de 10, 11 anos, pré-adolescentes convictos, chegam do ensino Fundamental I com os hormônios pulsando. Não prestam atenção, não conseguem parar de falar, ainda não sabem se chamam a docente de professora, de tia, ou se abraçam a conquista de poder chamá-la pelo nome. São muitas matérias novas, mochilas pesadas carregadas de novidades e uma boca que insiste em não ficar calada para cada individuozinho ali sentado.

Um dia, ao entrar para mais uma aula no sexto ano, resolvi contar para minhas crianças algumas coisas sobre SER PROFESSOR:

1. O professor está lá por dois motivos: ou por ideologia, por acreditar que pode fazer um mundo melhor, ou por falta de opção: a única faculdade que conseguiu pagar foi a licenciatura, curso que só perde em valor para os cursos de dois anos (chamados de Gestão em alguma coisa);
2. Aqui em Sampa, um professor de escola particular costuma ganhar 13 dinheiros por hora/aula. Mas para preparar uma hora de aula (hora esta de 50 minutos), o professor gasta em média duas horas. Assim, o professor ganha menos de 5 dinheiros para cada aula que está lá na frente dos alunos;
3. Posto o valor que professor ganha, qualquer faxineira diarista ganha bem mais que o professor (e neste quesito, todos eles concordaram e começaram a expor os valores que seus pais pagavam para as ajudantes do lar);
4. Na maioria esmagadora das escolas particulares, os professores não ganham os benefícios que qualquer outro profissional ganha: vale refeição, assistência médica e odontológica, cesta básica, desconto em farmácias, etc. Professor ganha apenas a hora/aula. Ah, sem contar o desconto que vai para o INSS, já que o valor final é sempre tão baixo que não chega a atingir a faixa de recolhimento de IR.

Todos ficaram em silêncio, com os olhos arregalados me olhando. Desde aquele dia, as aulas naquela turminha do sexto ano fluíram de uma maneira inacreditável. 

Pode ser que daqueles alunos, nenhum seja professor. Pode ser que o idealismo surja num deles, e o faça virar professor. Fato é que o respeito naquele dia foi plantado de forma inesperada, pois quando fiz toda a explanação, não tinha o intuito de ver meus alunos com pena de mim, apenas com respeito. Mas o silêncio foi causado pela pena...

Hoje é dia do professor. Nenhum profissional, nenhum grande executivo chegou onde chegou sem ter passado por dezenas de professores. Pode ser que aquele indivíduo que alcançou sucesso na sua carreira, jamais se lembre dos mestres que passaram por sua vida acadêmica. Mas cada professor sabe quando faz a diferença na vida de um indivíduo.

Eu sou a professora idealista, que sonha em mudar o mundo, seja na sala de aula, seja na sala de casa. Sei que posso construir um mundo melhor, mas isto independe da minha formação acadêmica. O ideal pelo mundo melhor existe dentro de mim por acreditar que tudo pode acontecer, basta querer!

Feliz dia dos professores para todos os docentes espalhados mundo afora!

9 comentários:

  1. a pessoa que eu mais amo no mundo é uma professora, a minha mae. por isso sei das dificuldades e tb dos valores da profissão. parabéns pelo seu dia Ursula! Realmente, os professores que tive foram fundamentais na minha vida.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns amiga pelo seu dia!
    Bjs,
    :D

    ResponderExcluir
  3. Parabens pandinha!
    tudo de melhor e que sua profissao,um dia,seja valorizada como deve ser !

    kaentrenos@live.ie

    ta aih meu email, please,agora escreve senao ficarei curioooosa! hahshah

    beijoca

    ResponderExcluir
  4. Amiga,

    Parabéns pelo o seu dia!!
    Se o mundo tivesse mais pessoas como vc, com certeza estaria melhor!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Parabens atrasado VEMCHA!!

    Aposto que seus alunos nunca vao esquecer essa aula. Espero que seus alunos sempre lembrem de vc com carinho e com respeito :)

    Beijao

    ResponderExcluir
  6. Oi Úr,
    Tem selinho pra vc lá no blog.
    Beijos,
    :D

    ResponderExcluir
  7. Parabéns, gordulha! E viva o Bertonça!!! bjos

    ResponderExcluir
  8. Oi amiga. Tudo bem?
    Mt obrigada pelo carinho.
    Estou morrendo de saudades dos seus posts.
    Espero que tenha conseguido resolver os seus perrengues.
    Volta logo tá..rss..
    Deus a abençõe.
    Beijos,
    :D

    ResponderExcluir
  9. cadê vc pandinha? Tô sentindo falta dos seus posts...Tá tudo bem? bjs!

    ResponderExcluir