sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Sobre a língua portuguesa

Você que está lendo este texto agora, responda rápido: já estudou outro idioma? Se a resposta for "sim", e o idioma estudado não foi mandarim, japonês, alemão ou qualquer língua dos países da antiga União Soviética, com certeza já sacou que o português é um dos idiomas mais difíceis do mundo.

Primeiro por uma questão semântica: nunca vi um idioma no qual uma única palavra possua tantos e tantos significados. Um exemplo? Rosa: substantivo próprio, substantivo comum, adjetivo.

Depois por uma questão fonética. O linguista suíço Ferdinand de Saussure escreveu sobre a arbitrariedade do signo linguístico. Quando "desenhamos" uma letra, aquele símbolo não possui nenhuma relação com o som que produzimos. A mistura do "desenho" com o som é conhecido como signo linguístico, que é dividido entre significado e significante. Ok, é complexo e são anos de estudo linguístico para conseguir entender algo tão profundo, então fiquemos aqui apenas com a fonética, ou seja, com o som. Quantos sons diferentes produzimos com a letra S? E com a X?

Do ponto gramatical, o que mais "pega" para mim é a morfologia. A gramática de uma língua é "basicamente" dividida entre morfologia e sintaxe. Para não complicar, a morfologia é a parte da gramática que se divide em verbos, artigos, pronomes, substantivos, advérbios e blábláblá (são onze grupos). Alguém já parou para contar quantas conjugações diferentes temos para um único verbo? Como alguém pode achar tempo verbal difícil em inglês, com a variedade infinita que temos no português?

Quem aprende a língua portuguesa, está apto a aprender qualquer outra língua latina. Quem sabe português e inglês, consegue aprender o alemão sem maiores dificuldades.

Mas que tudo poderia ser mais simplificado, e principalmente, unificado, quanto a isso, não tenho dúvidas. Afinal, quem é que gosta de viver nesta Torre de Babel?

Um comentário:

  1. Muito interessante pandinha. Meu marido é irlandês, um dia desses eu pedi para ele fazer um teste de gramática online em inglês. Ele acertou todas as questões, só que qdo apareceu uma falando de preposições ele teve que me perguntar o q que era porque aki eles não são ensinados como nós.Eu achei interessante o fato de que ele não sabia o que era um adjetivo, substantivo mtu menos verbos transitivos.As notas dele na escola foram sempre altas e ele era o CDF.Eu comecei a estudar para lecionar em primary school aki, e a estrada vai ser longa já que eu vou ter aprender a falar e escrever irlandês. Torre de Babel sucks mesmo!! Eu concordo e assino embaixo! Bjuuuss

    ResponderExcluir