sábado, 11 de setembro de 2010

O custo do Brasil

Nem tinha a intenção de comentar nada sobre o custo do Brasil. Eis que hoje conversei com a minha cunhadinha, que está simplesmente CHOCADA com os preços daqui, e resolveu converter tudo em Euro para não surtar. Aí chego em casa e vejo minha amiga blogueira Cath comentando a mesma coisa. Este alto custo é um dos principais fatores que farão com que a família Panda Hummel se mude do Brasil "forever".

Para quem não sabe, brasileiro que trabalha registrado e paga direitinho seus impostos, trabalha até o dia 27 de maio apenas para pagar impostos. Além dos muitos dinheiros pagos para o governo, que não faz ABSOLUTAMENTE NADA POR NÓS, ainda existe o imposto embutido em tudo que consumimos. No Chile, a geladeira side-by-si
de top das tops custa algo em torno de 1,500 dinheiros brasileiros. E outro exemplo absurdo é carro: uma Captiva que aqui chega aos 100 mil dinheiros, lá custa em torno de 40 mil. Dinheiros brasileiros. Claro que é absurdo. Surdo, cego e mudo, se não for aleijado dos dois braços e manco de uma perna.

Ok, já falei sobre isso antes não é mesmo? É só para expressar o quanto odeio o

PT, o quanto odeio a roubalheira que é o Brasil.

De que adianta as pessoas dizerem que o Brasil é um país maravilhoso, cheio de pessoas felizes e sorridentes? O povo sorri para não se matar. O povo sorri para espantar a tristeza. O povo sorri, pois muitas vezes o sorriso é a única maneira de
conseguir vencer mais um dia de 12, 13, 14 horas de trabalho, das quais aproximadamente 40% vai DIREITO para o bolso daqueles ladrões safados que habitam Brasília. Aqui, até gatinho é roubado!

Projeto Canadá 2012, aí vamos nós!

2 comentários:

  1. Tá caro pra cacete! Vou deixar até as cuecas nesse país...

    ResponderExcluir
  2. Ai, Úrsula, quando fui ao Brasil tb qse surtei. Fiquei até com receio de o povo achar que eu havia me tornado uma criatura pao dura, pois não queria gastar com nada de tão assustada que tb fiquei.
    Dias desses falei com a Sra Dona Rita, minha mãe, sobre meu medo de voltar ao Brasil e ter de readaptar a essa vida. Vai ser um custo, literalmente.
    Beijo.

    ResponderExcluir