quinta-feira, 24 de junho de 2010

Sobre blogs e blogueiros

Sou apaixonada pela blogsfera e a cada dia que passa, minha paixão aumenta. Recebo regularmente emails da Jemima, do www.vizinhosdeutero.blogspot.com. Hoje, recebi a indicação do blog da atriz Susy Rêgo.

A atriz criou o blog especialmente para seus dois filhos gêmeos, que em breve completarão um aninho de vida. Lá, ela conta tudo, como foi engravidar, como foi o nascimento dos bebês, e posta até foto amamentando os dois. Lindo, puro, sublime, sereno.

Só quem tem blog sabe o que é ser blogueiro e o quão enriquecedor é a vida de um. Através de blogs é possível conhecer pessoas maravilhosas e fazer muitas amizades.

Confesso que quando criei meu blog, tantos anos atrás, jamais imaginei que alguém, além da minha família que estava a um oceano de distância da gente, pudesse ler. Hoje chego a receber 500 visitas por dia (claro que este número é só nos dias em que as pessoas estão absolutamente sem nada pra fazer).

Tem gente que tem medo de blog, medo de se mostrar, medo de se expor. Respeito totalmente. É como Orkut, Twitter e qualquer outro lugar deste mundão virtual que rodeia nossas vidas nos dias atuais, que expõe MESMO a vida.

Minha comadre foi fazer um curso. Trabalha na área de Vendas. O palestrante, renomado na área e docente em diversas universidades, disse aos alunos o quão é importante ter um blog hoje em dia.

Mas não é para qualquer um. Marido falou outro dia: "para que eu teria um blog? O que eu escreveria nele?". Não é falta de dom para a escrita em si; para blogar, é preciso saber. Sim, pois é preciso tomar várias decisões para se tornar blogueiro. O blog será aberto ao público? Vou escrever o que no blog? Postarei fotos? Posso correr risco de vida?

O medo é uma das coisas que apavoram as pessoas que ignoram a blogsfera. Precisam, porém, entender que o mundo é perigoso ao vivo e a cores, ou por detrás de um computador. O risco de qualquer coisa existe em qualquer lugar do mundo.

Há pessoas que criam blogs para postar poesias. Outras, fotos. Outras, reportagens. Um dos blogs mais famosos que existe é o do jornalista Ricardo Noblat. Quem nunca leu o Blog do Noblat, que atire a primeira pedra. Globais possuem uma blogsfera própria, os bloglogs que tanto gostamos de ler. Mortais, como eu, fazem simplesmente do blog a sua finalidade principal: o querido diário.

Quanto aos perigos, o blog também possui ferramentas de rastreio. Como bem colocou poucas semanas atrás minha amiga blogueira Mirele, do www.13anosdepois.blogspot.com, sabemos quem passa por aqui, rastreamos o IP da máquina que passou por aqui, quantas vezes por dia a pessoa aquele determinado computador acessa nossa máquina, de onde vem o acesso. Portanto, em caso de algum acontecimento "estranho", a informação está toda armazenada no Sitemetter!

Ontem meus alunos vieram me dizer que descobriram minha identidade secreta. "Professora, eu leio o Blog da Pandinha". Que bom! Pois assim terão mais uma oportunidade de saber o quanto amo de verdade tê-los em minha vida!

Tanta divagação para concluir apenas o que tanta gente já sabe: AMO MEU BLOG E AMO SER BLOGUEIRA.

5 comentários:

  1. Ai menina! Ser blogueiro da um trabalhooooooooo ne? Mas oh, eu vou na corrente contraria desse post. Se eu fosse escrever sobre o mesmo assunto, escreveria contando como a vida de blogueiro eh dificil, pras pessoas nao tentarem pq cansa, pq recebemos emails com ameaças so pq demonstramos no NOSSO blog as NOSSAS opniões, rs. Enfim, tudo pra ver se menos gente se anima a escrever! Pq pra cada blog bom que eu descubro, preciso antes ler uns 20 horriveis e mal escritos.... ser blogueiro nao eh pra qq um MESMO!

    Parabens pelo seu e continue com o bom trabalho que a gente gosta!!!!

    ;)

    ResponderExcluir
  2. Amiga querida, o que seria das nossas vidas sem nossos bloguinhos? Eu concordo, tem muita coisa que não presta, mas é como livro, jornal, panfleto, televisão, qualquer meio de comunicação: TEMOS QUE SELECIONAR. E quanto às ameaças, eu nem ligo, sabia? Tenho amigos muito influentes na Polícia Federal, e acho que esta história de ameaçar é pra desocupados. Qualquer coisa, diskPanda que chamamos os "cara". Beijos, adoro vc e o seu blog!

    ResponderExcluir
  3. ursinha,eu criei o coisa de lilly porque queria escrever.
    eu não sei o que, mas queria.
    fiz um post e pensei, caraca, será qeu vai ter mais???
    e pensei tambem...em qual linguagem farei meus posts?.
    decidi fazer na minha linguagem, no meu tom, e hj quem me conhece diz que ao ler o blog até imagina minha entonação.
    ali eu falo, brigo, coloco musica, livro, cores, amores e odios...
    não me exponho muito, pois meu marido NUNCA TERIA UM BLOG, E ALIAS NEM LE O MEU...então não acho justo expo-lo.
    ali sou verdadeira.o que não quer dizer que na real eu não seja...mas hj teclo mais do que falo.
    e o silencio me faz bem.
    no blog falo o que penso e sinto
    aprendo mais do que ensino.
    sou a lilian mas lilly é a minha identidade secreta?
    é meu alter ego?
    eu não faço questão que acessem meu blog pra zonear, nem divulgo, não faço sorteio nem promoção.
    por isso quem cai lá cai mesmo por afinidade.
    pq partilha de gostos e opiniões.
    como vc, tb amo blog
    adoro ser blogueira.
    já me imagino fazndo outro, desta vez sobre minha cidade.
    nos meus blogs conheço gente boa e de coração bonito. como vc, a hazel...troco e-mails com leitores e blogueiros...
    isso é mto bom
    blog vicia.
    bjs
    te adoro.

    ResponderExcluir
  4. Tb acho blog bom pracaraio, tanto pra ler quanto pra escrever. Mas é uma pena eu não receber esses emails rancorosos e ameaçadores que vc e a Kirelle recebem. Acho que preciso mudar de assunto...

    ResponderExcluir
  5. Gente, blogar é a 8a. maravilha do mundo!

    MV, fala sério, vc precisa de uns manés leitores, iguais aos que temos!

    ResponderExcluir