terça-feira, 1 de junho de 2010

O dia em que encontrei a escola para meus filhos

São exatos nove meses já que me vejo em uma incansável busca de uma boa escola para meus filhos, e o ano de 2010 nem tinha começado ainda... isso significa que meu grande sofrimento também ainda não tinha começado.
Minha filha está no 6o ano. O pequeno no Jardim. A escola deles tinha problemas, como toda escola tem, mas eram bobagens. Até que ao fim de 2009, me estressei com a parte da educação infantil por vários motivos. Só que não encontrei uma escola para eles e tive que, ao primeiro dia letivo de 2010, fazer a matrícula dos dois na mesma escola do ano passado.
Lá, até o ano passado, eram usados os livros didáticos da Editora Moderna, os professores eram (e ainda são) antigos de casa (e de vida) e tudo corria bem PEDAGOGICAMENTE falando. Até que decidiram apostilar o sistema da escola, com o Etapa.
Como educadora, sou contra sistemas apostilados, pois, ao meu ver, engessam muito o ensino. Marido que estudou no Etapa achou o máximo e lá fomos nós pagar para ver. O sistema é forte, puxado, e não condiz com o que as crianças aprenderam até o ano passado. Ou seja, começaram a ter dificuldades. Os velhos professores não foram preparados a contento para aplicar o sistema na prática. As crianças passaram a ter TRÊS provas semanais. TRÊS, ninguém leu errado. Assim, a vida das famílias se transformou em um inferno, pois toda semana é semana de prova. Os alunos começaram a sentirem-se pressionados. Notas baixas começaram a lavar os boletins deles. E minha filha acaba de ser diagnosticada com depressão, por conta de toda a pressão que viveu nos últimos quatro meses.
Estou sofrendo muito com tudo, hoje, quando finalmente encontrei A ESCOLA DOS MEUS SONHOS, chorei por duas horas. DENTRO DA ESCOLA. Estou me sentindo mais leve. Minha amiga Dani está fazendo uma cirurgia do estômago hoje (vamos orar por ela), mas quem tirou o peso das costas fui eu.
O que a falta de normatização do sistema educacional no Brasil pode causar na vida de tantas famílias. Fica aqui o assunto para a reflexão de todos!

7 comentários:

  1. Nossa, q horror....3 provas por semana, tao loko?
    Menina, depressão???????? Ai ai ai....ela é um bebe pra isso, cuida direitinho disso e joga essa escola pro alto!

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Ai amiga, o plano já começou. Reze por nós. Eu prometo que serei sua amiga até o fim das nossas vidas, pq rezarei tb pelo seu bb qd entrar em idade escolar. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nossa! 3 provas semanais é um absurdo gigante! Me deu até uma batedeira no coração quando li.
    Eu sempre sofri muito com as provas. Pra ser sincera, até o ano passado sofria com as provas semanais do curso de Inglês.
    Cuida bem da sua princesa, pra ela não levar isso como um trauma.Porque eu sou traumatizada com provas!

    ResponderExcluir
  4. Nossa Ká, é uma paranóia, imagina pra uma criança de 10 anos? E a partir da semana que vem serão QUATRO!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Tadinha da Bibi. Espero que ela esteja melhor.

    3 provas semanais é phoda!

    ResponderExcluir
  6. Jaque, tem escola que é retardada mesmo. E pra te espantar geral, nesta semana ela está tendo QUATRO provas por semana. Ainda bem que faltam apenas três semanas e estou livre da escola de loucos! Beijos querida

    ResponderExcluir
  7. Imagino o seu desespero, para mudá-los no meio do ano letivo.

    Tá mais que certa!

    Bibi melhorou?

    Bjsss

    ResponderExcluir