quinta-feira, 20 de maio de 2010

Feelings

Sempre fui uma pessoa muito bem humorada, mas de uns anos para cá, bom humor é figurinha carimbada no meu estado de espírito. Perdi o saco com as coisas e com as pessoas, perdi o saco com a mentira e a falsidade, perdi o saco com a falta de objetivo e enrolação. E hoje acordei mal humorada.
Ontem sai cedo de casa, dei seis aulas contínuas, pensando, falando e agindo em outra língua (agir em outra língua? como assim?), peguei um trânsito de cão para me deslocar da Zona Norte para a Zona Leste e na volta a situação piorou. Cheguei bem atrasada para buscar as crianças, voltamos para casa, descarrega a mochila de um, confere agenda dos dois, assina bilhetes, manda novos para a escola, bota pra fazer lição de casa, outro para estudar. Ufa, quase quatro da tarde e eu CAI na cama. Passei um líquido milagroso no corpo, que me ajuda a relaxar muito, chamado "água quente", que vem direto da ducha. Deixei as crianças vendo desenho e dormi. Por cinco minutos, já que o telefone tocou e era minha empregada (que costuma ir embora por volta das 14hs, já que a casa está bem limpa neste horário): "Úrsula, você vem me buscar amanhã em casa, pois haverá greve de ônibus?". CLARO QUE NÃO foi minha resposta. Nem se a casa estivesse pura crosta de gordura (se bem que não sei o que é isso, pois nunca morei em um lugar sujo), eu me deslocaria para buscar a empregada na casa dela. Ela disse que daria um jeito. E deu, pois hoje está aqui. Mas meu sono foi interrompido.
Marido chegou cedo, eram oito da noite. Trouxe dois DVDs com ele, com músicas que me lembram MUITO meu pai. Eu, que já não estou muito bem de humor e de amor nos últimos dias, comecei a chorar, fui dormir triste e tive uma noite perturbada. Noites perturbadas não deixam ninguém relaxar, e acordei com sono. Troquei o pequeno, preparei tudo para a escola, marido saiu e cinco minutos depois, sai eu com as criancinhas. CINCO MINUTOS DEPOIS. Tirei meu pijama quentinho, peguei o carro e fui até Santana, deixar as crianças na escola onde marido tinha passado CINCO MINUTOS ANTES. É assim que se faz um casamento, com ajuda mútua, com cooperação.
Voltei pra casa com mais raiva do que fui, com raiva porque há coisas que não mudam nas nossas vidas, são simplesmente engessadas. Ou mudamos de vida, ou aceitamos as coisas. Como não quero mudar algumas coisas na minha vida (dentre elas o marido) e não sei aceitar algumas coisas (como a falta de cooperação), acabo sofrendo e me angustiando.
Acho triste quando pessoas prometem mudanças e não mudam nunca. Programamos de passar as férias de julho no Chile. E usaríamos milhas para as passagens aéreas (temos o suficiente para os oito trechos, ida e volta, quatro pessoas). Quem pode resgatá-las? Marido. Estou pedindo o resgate DESDE FEVEREIRO. Ele disse que esperaria voltar da China para fazê-las e vinte e dois dias depois, NADA. Só que: passagens ACABAM, quartos nos hotéis TAMBÉM. E eu fico me consumindo de ansiedade, e de raiva por não ver nada andar. Acho que vou até a CVC e comprar um pacote para eu viajar com as criancinhas para algum lugar nas férias, que tenha recreação em tempo contínuo, e onde eu possa arejar minha cabeça sozinha.
Foi só um desabafo com o computador!

6 comentários:

  1. Ei ei ei.......kd minha amiga?????? Vc roubou ela, foi?????
    Brincadeiras a parte, "É assim que se faz um casamento, com ajuda mútua, com cooperação." tb não existe lá em casa mt nao. Nao q Airton nao seja companheiro e nao me ajude, mas sei la, é qdo eu mais preciso q ele menos está. Incrivel. Sintonia total!
    Mas ñ fica assim não!
    Espero de CORAÇÃO q vc melhore!

    Bjooos

    ResponderExcluir
  2. Oi Ursula!!!
    Fica assim não... Respira fundo que logo passa...
    As vezes tb fico chateada pq gostaria muuito q meu marido corresse atras de algumas coisas pra melhorar a vida dele (e consequentemente a nossa) como voltar estudar, mas é coisa q depende dele, eu não posso fazer mais q já fiz... E ele neeem se incomoda. Tem dias q sou radical e falo: Se eu perder esse milagroso emprego, daí quero ver vc e a mamae sambarem miudinho... Eles trabalham juntos, tem um restaurante; mas apesar de se esforçarem bastante, não tá dando lucro suficiente. E tem dias q eu, imediatista, acho q seria melhor cozinhar em casa e vender marmitex só ao inves de ficar lá, com funcionarios, pagando aluguel de ponto...
    Enfim, desabafei tb...rs
    Beijão e se cuida!
    Ah, te mandei o e-mail viu!!

    ResponderExcluir
  3. Amiga, eu te entendo. Tem dias em que a minha vontade é de ter um ataque de fúria. O marido trabalha muito. Eu entendo. Mas também não vejo muito esforço da parte dele em chegar mais cedo em casa. Me sinto muito sozinha. Resolvo tudo sozinha.
    Hoje acordei deprimida. São 11:15h e eu ainda estou de pijama no sofá. Não tive ânimo nem pra preparar o almoço...
    No fundo eu acredito que passamos por tudo isso porque todos sabem que somos fortes e independentes. E quer saber? Melhor assim!
    E vamos em frente sempre!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. eu te entendo.
    mesmo qdo ele está aqui( ele trabalha fora) sou em quem leva os malas, ops, meninos, na escola.
    minha cunhada, irmã dele diz: li, peça pra el levar de vez em qdo,
    mas ele fica tão mal humorado que não vale a pena.
    ursula e 2ª e 5ª é assim: acordo as 5 e 45, apronto o café de todos ... as 6 e 40 estou saindo pra levar o maridona rodoviária, volto e pego os dois malas, ooooops, meninos e volto pelo memso caminho e vou leva-los na escola.
    NÃO DÁ PARA OS MENINOS FICAREM PRONTOS 20 MINUTOS ANTES DUAS VEZES POR SEMANA TENDEU????
    EU TE NHO QUE IR E VOLTAR
    IR E VOLTAR
    IR E VOLTAR
    é isso ursula
    por isso, não dianta brigar, bater portas, xingar ( xingue no blog que entendenmos)...sempre será assim
    colaboração zero
    por isos nunca se sita culpada qdo vc compra algo pra vc.
    vc merece...
    é a lei das compensações.
    uma blusinha bacana compensa o vervoso com o marido
    idem um sapato
    bolsa
    maquiagem
    qualqeur coisa, vc TÁ SEMPRE MERECENDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    BJ

    ResponderExcluir
  5. Homem sofre. Quando meu cunhado chegar hj, dá uma boa massagem nas costas dele e depois sirva uma janta bem gostosa. Em seguida ligue a tv no futebol e fique quietinha durante os 90 minutos da partida. Traga cerveja no intervalo. Depois me diga se haverá cooperação ou não...

    ResponderExcluir
  6. Pessoas queridas, devido à polêmica causada, vou fazer um post só falando sobre alguns assuntos aqui abordados!

    Ao meu irmão: FDPDKVTNC!

    Bejokitas

    ResponderExcluir