terça-feira, 11 de maio de 2010

Dia do desgosto


Se há um dia que deveria ser marcado com ferro quente no calendário, este dia é 30 de abril. Ele emputece, me entristece e me enlouquece. Se pudesse, arrancaria definitivamente esta data do meu calendário. Trata-se do último para a declaração do imposto de renda. Todos os anos são iguais: passamos o ano inteiro tendo 1/3 quase do salário arrancado pelo Governo, que não nos dá nada em troca, ao contrário, só nos traz desgosto, notícias de roubos, corrupções. A situação no Brasil hoje é gravíssima. Temos nosso salário arrancado, depois de um ano ainda dão um jeitinho de nos arrancar mais algum, um bando de vagabundo que não trabalha e ganha para isto, escolas precárias, hospitais sem vagas, ruas esburacadas, policial matando gente de bem. E a redundância é a pior, pois ainda pagamos por escolas caras e ruins, convênios médicos caros e que passamos meses a espera de uma consulta, sem leitos para internação nos melhores hospitais, paga-se uma fortuna por seguranças privados, sem contar a grana do seguro do carro e do mecânico a cada vez que se estoura a suspensão em um buraco. Como já cantou o velho Renato: "Que país é este?"

4 comentários:

  1. ainda bem que, ao abandonar o país, eu deixei o leão pra trás...

    ResponderExcluir
  2. eu odeio o mes de abril inteiroooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
    porque eu tenho desconto de IR.
    mas não tenho recibos.
    então alem dos descontos EU PAGO MAIS
    revoltada
    divido em 8 vezes
    e pago no ultimo dia
    dia 30
    que dinheiro suado
    filho da puta do leão!
    alias leão é um bicho tão honesto..porque não reprsentar o IR com uma cobra? pelo menos é traiçoeira
    um urubu que come carniça?
    bj
    lilly

    ResponderExcluir
  3. Lilly, eu tenho tanto ódio do Leão, que tenho vontade de dar sabe o q para ele ao invés de dinheiro? Cabeça de políticos... que tal?

    ResponderExcluir