domingo, 11 de abril de 2010

Sem marido de novo


Lá se foi marido. Ligou tem 20 minutos avisando que estava entrando no avião e iria desligar o celular. Agora falaremos só quando ele chegar em Chicago, quando o dia aqui já terá amanhecido. Após alguns dias na terra do Tio Sam visitando feiras e exposições, embarcará para a China, onde viajará por todo o interior pobre e fabril do país, comprando, negociando, trabalhando. Serão dezessete dias de viagem, dezessete dias com a gigante cama só para mim, com direito a oito travesseiros, nenhum despertador tocando, podendo dormir a hora que eu tiver sono e sem ter de esperar marido chegar. Serão dezessete dias que começam com uma alegria incalculável e que dura somente a primeira noite, que passarei virando de um lado para o outro e quando o dia amanhecer, terei percebido que não dormi a noite toda por não ter quem abraçar, quem me abrace. O lado bom destas viagens tão longas? A renovação do casamento. A saudade é tanta, tanta, tanta, que quando marido volta passamos infinitos tempos sem discussão nenhuma, onde tudo e qualquer coisa está bom para ambos. Amo meu marido infinitamente, mesmo com todos os defeitos que ele tem, afinal, qual é o ser humano que não tem? Saudades marido... muitas!

3 comentários:

  1. Amiga....eu queria q meu marido viajasse de vez em vez tb....rs....essa mini-separação é sempre ótima pra qlq casal, né? eu acho...rs
    Mas esse meu desejo é um desejo ulta-mega-blaster secreto...rs...ai de mim se ele descobrisse...kkk

    Bjooos

    ResponderExcluir
  2. Amiga, é TÃO BOM sentir saudades de alguém... marido sabe que eu acho ÓTIMA a tal mini-separação... é uma renovação do casamento, qd ele volta são só flores e amores.... bjokas

    ResponderExcluir
  3. Ursinha foi linda sua declaração de amor, com certeza a recíproca é verdadeira.
    Aonde ele estiver e ler seu blog, em especial esta declaração vai ficar todo todo.
    bjs

    ResponderExcluir