sexta-feira, 2 de abril de 2010

Lembranças


Adoro ter tido uma infância pobre, com poucos recursos. Foi graças a falta deles que tive GGG: garra, gás e ganas de batalhar uma vida melhor. Vejo amigas minhas de infância que tiveram uma vida com fartura e ainda hoje vivem sob a bara da saia dos pais. Opção? Não. Não souberam como batalhar por suas coisas.

Escrevi ontem um post sobre eleições e o comentário do meu irmão me levou aos melhores momentos da infância. Estudava em escola municipal, dirigida pela esposa (hoje ex) do Capitão Conte Lopes. Quatro ruas abaixo da minha, morava o animador do SBT Ivo Holanda, quando ainda era um anônimo total. Ele quem coordenava e comandava a turma que fazia boca de urna para o Conte Lopes. Eu e toda a galera da minha rua tínhamos diversão garantida em dia de eleição. Trabalhávamos na porta da nossa casa, distribuíamos panfletos, fazíamos amizade com os eleitores, ganhávamos um belo pão com presunto e queijo e um copo de suco na hora do almoço e ao final do dia, o pagamento: uma caixa de bombons Garoto (quando ainda predonimava dentro da caixa os sabores ameixa, coco e banana). Que tempos bons.

Hoje, fazer boca de urna é terminantemente proibido (não que antes não fosse); existe fiscalização mais acirrada. Criança não pode conversar com adulto na rua: pode ser um pedófilo; o presunto do sanduíche azedaria com a alta temperatura. Ou teria alguma substância tóxica para aniquilar as pobre criancinhas.

Lembranças boas de uma infância feliz. Sim. Minha infância pobre e restrita foi muito mais feliz que a dos meus filhos que têm presunto e queijo para comer quantas vezes quiserem por dia. Caixas de bombons todas as vezes que desejarem. E vivem presos em um condomínio onde nada funciona! Quem disse que dinheiro traz felicidade?

2 comentários:

  1. O bombom de coco sempre foi o melhor. Mas esse lance de boca de urna lembra a irmã... que colecionava santinho e panfleto desde a época do Marechal Deodoro...

    ResponderExcluir
  2. Bombom de coco é o pior, só vc pra gostar deste lixão... putz, lembrei do vovô agora, acho que vai rolar outro post.

    Qt a irmã... ela ainda tem tds os santinhos guardados... e pra mór de não ficar sem aquele se o perder, ela pega logo 100 de cada político a cada eleição...

    ResponderExcluir