quinta-feira, 8 de abril de 2010

A pomba e o saco de pão


Fui levar as crianças à escola. Meu carro estava entrando na reserva e tinha que ir até a Brás Leme abastecer, já que o único posto de combustível que confio fica lá. Deixei as crianças e desci para a avenida. Parei no farol e vejo um pai, um filho e uma pomba. No rabo da pomba, tinha um saco de pão, desses de padaria. Pai e filho se aproximavam lentamente e a pomba se afastava quando percebia a proximidade dos humanos. Carros pararam para assistir a cena. Mais pessoas foram tentando cercar a pobre pomba, no afã de livrá-la do saco de pão. A pomba, muito mais esperta, apertava seus passos. Quando se viu quase que capturada, voou. Mas caiu. O saco de pão pesava no seu rabo. A cena foi cômica. Quem estava mais atrás, sem assistir aquele triste espetáculo, começou a buzinar. Tivemos que andar com nossos carros e não tenho o desfecho da história. Tenho apenas um comentário a fazer: quando um indivíduo descarta porcamente um saco de pão no meio da rua, não imagina que além de entupir bueiros, ralos, valas e causar enchentes, ainda pode prejudicar um animal no seu processo natural de vida - voar livremente!

6 comentários:

  1. Amigaaaaaaaa...fica brava comigo? JURA???...rsrs...
    Sabe, tem coisas na vida q é melhor a gente segurar as pontas um pouco pra contar, mesmo morrendo de vontade de fazer isso...vc sabe ne...rs....mas eu sei q vc torce por mim e isso me deixa extremamente feliz!!!!
    Só posso te dizer q estou feliz, com medo, assustada, ansiosa...rs....sacou? rsrs

    Bjoooos

    ResponderExcluir
  2. Vemcha, vc descreveu tão bem que imaginei a cena toda!

    Ai como detesto quando pessoas jogam lixo na rua GRRRRRR!

    ResponderExcluir
  3. Ai VEMCHA, dá um nojinho de ver as coisas como estão... minha secretária do lar acabou de dizer que vai pular a janela pra limpar fora do apê, pois está UM NOJO... até no próprio condomínio temos de conviver com os leitões!

    ResponderExcluir
  4. caralho, bicho! que cena! se há uma causa no mundo que vale a pena, essa é tirar o saco do rabo da pomba. bela história, apesar de triste.

    ResponderExcluir
  5. É, eu bem que achei q vc seria solidario em uma história de pomba...kkkkkk

    ResponderExcluir