quarta-feira, 10 de março de 2010

O tocar de um telefone

Toca o telefone no Solar:

- Alô? Por favor a Úrsula? É ela? Oi Úrsula, aqui é seu coordenador da pós-graduação. Você ainda se lembra dela? Por acaso mudou seu objeto de pesquisa? Vai falar agora sobre a Cyrela, ao invés de focar-se na Psicopedagogia? Quem sabe se as pessoas que hoje acabam com a sua paz tivessem um dia sido orientados por um bom Psicopedagogo, não teriam tido distúrbios na aprendizagem e o mundo no Ápice seria melhor. Cai a ficha. Vamos. Você está atrasada. O curso vai acabar e você não terá passado do módulo 3. E o seu TCC? Hello, acorda!

- Claro professor. Sim professor. O senhor tem razão professor. Freud tem razão professor. Piaget tem razão professor. Nádia Bossa tem razão. E o professor Mário Nogueira também. Amanhã compareço ao campus para retirar meu material, encomendado e pago desde janeiro. Obrigada professor. Desculpe-me pela ausência prolongada. Claro que conseguirei retomar meus estudos e dar prosseguimento aos mesmos. Obrigada por me trazer de volta ao mundo real. Boa tarde professor. Até a próxima aula.

Um comentário: