sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

O fantástico caso do sumiço dos serviços NET

Essa eu me esqueci de contar no blog. Na verdade, não tive tempo. Na última sexta-feira, o técnico da NET esteve no nosso apartamento para instalar os serviços de internet, televisão e telefone. Saiu e tudo ficou perfeito. Até o dia seguinte, quando acordamos e nada funcionava. Mas a noite, tudo voltou a funcionar (sábado), mas pela manhã, nada funcionava (domingo), mas a noite, tudo voltou a funcionar (domingo), mas pela manhã, nada funcionava (segunda), mas a noite, tudo voltou a funcionar de novo (segunda), mas na próxima manhã, nada funcionava mais uma vez (terça), mas repentinamente pela noite, tudo funcionava (terça), mas quando acordei na manhã seguinte, nada funcionava (quarta), mas pela noite, tudo voltou a funcionar (quarta).

CHEGA. Cansei da palhaçada. Durante todos os dias, ligava para a NET, os incompetentes técnicos vinham e não conseguiam resolver o problema. Até que eu resolvi passar a noite em claro. Simplesmente não dormi de quarta para quinta-feira. Estava muito estranho o fato de a NET voltar com seus serviços todos os dias pela noite, com ou sem a presença de um técnico, e tudo parar de funcionar pela manhã. Captei o exato momento em que tudo desligou. Faltavam catorze minutos para as sete da manhã. Esperei até nove horas, quando a equipe da engenharia da Tecnum chega ao condomínio (sim, apesar de o condomínio estar entregue há dois meses e não termos NENHUMA área de lazer funcionando, ainda há obra aqui, ou gente recebendo para fazê-las). Fui até o mocó que eles estão instalados e narrei minha epopéia. O Engenheiro imediatamente chamou a pessoa da manutenção (já disse anteriormente, o pessoal da Tecnum sempre atende prontamente qualquer condômino em qualquer situação). Fomos até o quadro de luz que se encontra no térreo, próximo ao elevador de serviço. O rapaz da manutenção chegou e ligou uma chave de energia. E a NET voltou.

Ele disse que já tinha avisado aos seguranças para NÃO DESLIGAR AQUELA CHAVE, mas que avisou verbalmente. Precisava ser por escrito. Para mim, caso resolvido.

CLARO QUE NÃO. Estou eu deitada, vendo a um filme, antes das nove da noite quando DE REPENTE... TUDO SE APAGOU. Levantei, troquei de roupa, desci pelo elevador social, dei a volta pela parte externa da torre*, fui até a área do elevador de serviço e liguei a chave. Tudo voltou a funcionar.

Fui trabalhar hoje. Estava voltando para casa e precisava usar urgente a internet. Liguei para minha irmã, que estava em casa, e pedi para ver se tinha sinal. Ela disse que não. Já parei o carro na portaria e pedi para nossa administradora, que estava na presença do rapaz da manutenção, que tomasse providências. Achei que até entrar no condomínio e chegar no meu apartamento, eles já tivessem providenciado o acendimento da chave. ERREI. Burra eu não é mesmo?

Mesmo cansada, troquei de roupa, tirei o salto, coloquei uma havaiana, desci pelo elevador social, dei a volta pela parte externa da torre*, fui até a área de serviço, abri o quadro, religuei a chave, dei a volta por fora de novo e subi para minha unidade. E fim. Até hoje a noite, quando TENHO CERTEZA (e amanhã voltarei aqui para contar) que desligarão novamente a chave, já que ninguém tomará providência nenhuma. Como sempre. Como tudo por aqui. E fim de verdade. Por ora.

*como há muitos condôminos em obra e muita gente trabalhando, a nossa administradora TRANCOU a porta de acesso entre a área social e a de serviço. É melhor punir os moradores, impedindo-os de usar seu acesso, a educar e instruir os peões para não circularem nos elevadores sociais. Excelência em serviços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário