sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

O dia em que conheci ELE, pessoalmente...

Não poderia deixar de registrar um episódio cômico do dia de hoje. Fui de manhã à uma reunião entre os condôminos. Que não aconteceu. Deitei nos pufes gigantes do condomínio e comecei a ler uma revista, quando chegou minha amiga Shirley. Ela veio ver as últimas novidades do Solar, depois fui até a casa dela para ver as novidades da casa dela (amei uma mesa enorme que ela colocou na sacada, para umas 10 pessoas). Voltei para casa para fazer almoço (inventei de fazer algo que só eu sei fazer). Coloquei a carne para cozinhar e fui na casa da Fê. Eis que chego lá e ela me apresenta O PESTE. O cara é uma figura. Fiquei sabendo que O PESTE é o cara que vai pintar nossas maravihosas portas. O PESTE também é o morador do decorado. Que decorado? O do prédio que a Fê ainda mora, que por sinal, é o próprio decorado. O lamentável de tudo? É que a carne estava tão cheirosa, mas tão cheirosa... ia fazer meu prato que não tem nome e chamar a Fê com o peste para comerem aqui. Mas minha carne queimou. Fiquei sem comida, tivemos de almoçar MIOJO (que por sinal AMAMOS DE PAIXÃO) e perdi a oportunidade de dar boas risadas com O PESTE, já que com a Fê eu dou todos os dias! O PESTE que me aguarde!!!!

2 comentários:

  1. putz... carne queimada não dá rs ainda bem que sempre tem um miojinho para salvar

    ResponderExcluir
  2. Salve salve o Miojo, amigo secreto de todos os armários....kkkk

    ResponderExcluir