quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Marketing


Dizem que a propaganda é a alma do negócio. Eu, como mercadóloga, deveria assinar embaixo. Mas é tudo clichê. A alma do negócio é simplesmente um negócio bem feito. Nada mais. Empresas gastam fortunas com propaganda e esquecem de algo primordial: o bom atendimento e o produto ou serviço entregue no tempo certo, de acordo com aquilo que foi contratado, são imprescindíveis para que o negócio vá adiante.


Estou insatisfeita com a escola dos meus filhos. Achei simplesmente um absurdo as aulas terem terminado dia VINTE E QUATRO DE NOVEMBRO. Nenhuma outra escola na região ou em qualquer outra região (e estou falando como educadora agora) terminou as aulas tão cedo. E ainda por cima cobrava-se MUITO para as mães que necessitavam deixar seus filhotes até mais próximo das FÉRIAS REAIS.


O fato é que até agora não fizemos matrícula das crianças. E como as aulas começam na próxima segunda-feira, tive de correr com as coisas. Fui atrás de todas as escolas que já fui tantas outras vezes. E cheguei a conclusão que muitas outras pessoas já chegaram: NA ZONA NORTE SÓ TEM ESCOLA RUIM. Fato. Tanto que qualquer escola da ZN fica com notas MUITO abaixo de outras escolas. Claro que estamos falando de Centro-Zona Sul.


Encontrei uma escola que gostei bastante. E minha vizinha de porta já teve seus filhos nessa escola. Na verdade, eu AMEI a escola. E fui pegar referências com minha vizinha. Estou boquiaberta com as coisas que ela me contou sobre a escola e sobre o dono da escola.


Tem gente que não pensa duas vezes: coloca os filhos diretamente no mesmo colégio que estudou, anos luz atrás. E pensa que a escola vai ser igualzinha ao que foi no passado. Não é. As coisas mudam, o mundo muda, tudo muda. E as escolas também. A questão é que hoje tudo caminha para a vala. Ninguém se importa com o cliente, ninguém está nem aí com nada.


Acabei novamente órfã de escola e, pelo visto, passarei um ano insatisfeita. Mas não perderei as esperanças e continuarei tentando... um dia eu acerto e chego lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário