segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Do ápice ao nadir

Meu apartamento continua um ponto de peregrinação. Mas ninguém morreu por aqui. Ao menos, até o momento. E assim espero continuar. A questão é que sou procurada TODOS os dias da semana pelos compradores do empreendimento em que estamos morando. Todos querem brigar, reclamar, criticar, chorar as mágoas. Tenho a sensação de ter um contato direto com o todo poderoso para que todo mundo me procure, pensando que eu tenho a solução. A solução será dada para todos. Assim espero. Para quem quiser saber mais, acompanhem www.apiceoupurgatorio.blogspot.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário