quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Boca santa

Sábado, acordamos e comentei com meu marido que estava há uma semana sem dor de cabeça, mesmo passando 12 horas por dia na obra do apartamento (já que estamos usando um flat para dormirmos e fazermos as refeições). Adivinha só o que aconteceu comigo no domingo? Levantei com uma baita dor de cabeça, que já completa o quarto dia. Hoje passei o dia totalmente irritada por conta da tal dor. Não tem nada pior que perdermos a liberdade de ação por conta de algo que parece inofensivo, mas acaba sendo totalmente nocivo. Da próxima vez, vou conter meus pensamentos antes de externá-los. E dá-lhe Naramig.

Um comentário:

  1. Talvez a solução seja trabalhar como mestre-de-obras. Que tal???

    ResponderExcluir