sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Um dia, um Adeus!

O que hoje, para muitos, representou um ADEUS, entre lágrimas e lamentações, para outros foi oficialmente O FINAL.

O final não precisa de representações. Lamentações são cenas típicas do ato final, o tal ADEUS.

Para quem vai, que vá para longe, distante. Para quem disse ADEUS, damos o ADEUS prazeroso. ADEUS hipocrisia, ADEUS burrice, ADEUS miséria, ADEUS pobreza, ADEUS ignorância, ADEUS pessoas pequenas. ADEUS, para sempre.

Para quem não disse ADEUS, que digamos apenas “até amanhã, até mais”. Pois claro que virá mais, muito mais.

Eu digo o meu ADEUS. Para as lágrimas falsas, para as lamentações infundadas, para as demonstrações hipócritas de fraqueza, para o leva-e-traz, aqui e acolá. Eu digo meu ADEUS para todos que continuarão suas vidas medíocres, agora com trezentos Reais a mais no bolso, que servirão para pagar os carnês da Casas Bahia. Façam bom proveito.

Deixo o meu ATÉ AMANHÃ para aqueles que souberam ocupar com louvor e glória um lugar no meu coração. Amanhã nos veremos.

Obrigada por tudo. Para a turma do ADEUS e para a turma do ATÉ AMANHÃ. Encerro meu ato dizendo que, cedo ou tarde, a verdade é uma só e ela sempre aparece. No último ato, as máscaras caem para mostrar o verdadeiro EU de cada um.

Saio hoje e passo pela catraca, deixando tantos ADEUS para traz, e entro para a história. Pois sou INESQUECÍVEL!!!!!!

2 comentários: