sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Jornada de Educação - Fechamento


Hoje foi o fechamento da Jornada de Educação 2009 - no campus Marte da Uniban. A primeira apresentação do dia foi uma encenação do conto "O Corvo", de Edgar Allan Poe, adaptado por um grupo de alunos. Qual a adaptação? Literatura de Cordel.

Havia pedido para uma das professoras organizadoras, se poderia levar minha filha. Ontem, tive um sim como resposta e fiquei muito feliz. Ela, mais ainda, não só por faltar na escola, mas por ir à faculdade junto comigo. Minha filha sabia apenas que veríamos uma apresentação de "O Corvo", conto o qual já havíamos feito juntas a leitura, tal qual como "O Gato Preto", também do Poe.

Chegamos ao campus e eu na minha marcha lenta. Ontem, sofri um pequeno "acidente" e além de ter torcido o tornozelo direito, fiz um belo estrago no joelho e algumas batidas pelas coxa e quadril. Meu rosto foi salvo pelo meu notebook, que caiu antes e protegeu a face de qualquer escoriação. Em compensação, a cabeça está bastante sensível. Portanto, me restava apenas andar em passos de tartaruga. O importante era estar lá.

Qual não é minha surpresa, ao adentrar o auditório com minha filha? Ela olhou para o palco e me questionou: "Vai ser uma apresentação de Literatura de Cordel, mamãe?". Olhei para ela e perguntei como ela sabia. A resposta veio de maneira rápida e inteligente: "mamãe, se estudamos a cultura do Nordeste, também estudamos Literatura de Cordel, pois faz parte das tradições locais." Depois, tem gente que acha que não vale a pena estudar ou forçar os filhos a estudar até que entenda, até que compreenda aquilo que está em sua frente. Isso é construir o conhecimento e guardá-lo para sempre.

A apresentação foi MARAVILHOSA. Quero parabenizar meus colegas que organizaram e participaram da montagem. Caso haja a autorização do grupo, publicarei o vídeo no Youtube. Toda a encenação do personagem principal, que interpretou o "eu-lírico" Poeano foi impecável e emocionou aos presentes. Que outras iniciativas como a de hoje surjam nos próximos anos. Eu, como fã incondicional do Poe, sou suspeita para falar, mas surpreendeu até os leigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário