quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Viva os amuletos da sorte


Existe uma predisposição própria do ser humano em achar que o pão com manteiga do vizinho é sempre mais saboroso que o nosso. Trocando em miúdos, a vida dos outros é sempre mais fácil de ser levada que as nossas próprias vidas, pois muitas vezes, só conseguimos enxergar as coisas boas da vida dos outros, mesmo que as ruins estejam mais em evidência. Tem até aquele batido ditado, “só olha as pingas que eu tomo, mas nunca vê os tombos que eu levo”. Não seria melhor cada um batalhar pelo seu, cuidar da sua própria vida, já que a vida é tão grandiosa para desperdiçar cuidando da vida alheia?

Nenhum comentário:

Postar um comentário