sábado, 15 de agosto de 2009

Precauções e boas notícias

Continuando a saga de exames, lá fui eu hoje, em pleno sabadão, para colher sangue e urina das crianças. Expliquei ao meu filho de três anos que ele sentiria um beliscãozinho no braço para que a tia tirasse o sanguinho. Mas em compensação, haveria muitos brinquedos para que ele se divertisse. Eis que chegamos ao Fleury e não tinha nada de brinquedo. Toque de recolher. Uma criança toca no brinquedo, deixa lá os seus vírus e a próxima criança vem e se infecta. Medida consciente. O laboratório também afastou por tempo indeterminado todas as funcionárias gestantes. Li ontem que se fortalecermos nosso sistema imunológico com uma boa alimentação, as chances de contágio são mínimas. O jeito é deixar fluir boas energias, alimentar-se bem e rezar muito.

E falando em oração, tive hoje a excelente notícia de que o filho da minha professora está em casa, já está de alta e mais ninguém se contagiou na família. Falei também com o filho caçula (o que ficou doente foi o mais velho), que me tranquilizou. Segunda-feira estarei com ela, cheia de saúde e energia como sempre!

Bons fluídos para todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário