sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Conto do Bastião – I

Bastião era homossexual, mas tinha vergonha da sua opção e, portanto, escondia-a de todo mundo. O problema é que todo mundo sabia. Como ele tinha medo de se revelar, acabou tornando-se uma pessoa agressiva, mas uma agressividade sutil. Um dia, começou a enviar cartas anônimas para outras pessoas, colocando em xeque a opção sexual dos envolvidos, gerando grandes conflitos que terminaram com a polícia envolvida. Após a identificação dos lugares onde eram emitidas as mensagens anônimas, Bastião foi descoberto, mas não foi desmascarado. A pessoa mais atingida, preferiu deixá-lo na dúvida, apesar de todos saberem que ele era o anônimo. Assim, ele resolveu criar novos conflitos, com novas pessoas. Pobre Bastião.

2 comentários:

  1. Já assistiu ao filme Milk? O negócio é sair do armário, Bastião! Aposto que ele é tricolor...

    ResponderExcluir
  2. Putz, este Bastião acho que só conhece bola de saco...hehehe... não assisti não... eu nunca assisti a nenhum filme, mas prometo que um dia assistirei a todos...

    ResponderExcluir