segunda-feira, 25 de maio de 2009

Bizarrices


Segunda-feira de manhã... fui dormir quase três da madruga, estudando Psicologia. Empolguei-me, fechava o livro, tentava dormir, acendia a luz e estudava mais um pouco. Pensei em matar a primeira aula e dormiria até as 8. O senso de responsabilidade falou mais alto. Mentira, meu filho ficou com insônia as 6, levando duas horas do meu precioso sono. Levantamos, tomamos banho, café e fomos para a escola.

Na minha idade, não se vai mais para a faculdade para brincar. Quem vai, vai para estudar, aprender, agregar, crescer. Mesmo com minhas duas horinhas de sono perdidas, fui toda feliz para a aula, afinal, as três garrafas de Coca Zero que comprei antes de entrar no elevador me manteriam acordada.


A mesma vontade que cheguei de aprender, foi a que o professor chegou de não dar aula. Após comentar as manchetes do jornal de hoje, ontem, sábado, sexta (e já estava em outro mundo, pois Coca-Cola não é mágica e nem milagrosa), começou a falar sobre o show dos Jonas Brothers.
Como é que uma pessoa que estudou, trilhou um caminho da excelência acadêmica, defendeu tese de Mestrado, Doutorado, é representante de Cambridge no Brasil, se dá ao desfrute de matar o tempo falando de tamanha bobagem?


Claro que eu e minha turma de “idosas” fizemos nossas regressões, lembrando que já havíamos sido Menudetes (e tenho que confessar que até hoje sei dançar algumas coreografias). Depois de ter passado o final de semana inteiro ouvindo minha filha contar sobre cada detalhe de cada um dos três “brothers”, cantar músicas com o maldito MP3 no ouvido, mostrar fotos, assistir Camp Rock e ficar esperançosa à frente da televisão, achando até o último instante que o show passaria ao vivo, tive um início de semana assim. Ainda bem que, chegando ao carro, tinha alguns bons cd’s, com música “de verdade”, que me fizeram esquecer a fúria e o sono. Afinal de contas, quem canta, seus males espanta, portanto, não se reprima!

2 comentários:

  1. ai jisuis!! ainda bem que aqui não toca jonas brothers...

    ResponderExcluir
  2. É MV, mas nunca esqueço de vc dançando o Menudo qd era criança...

    ResponderExcluir