segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Amor


Hoje é um dia de suma importância, afinal, comemoro os três anos do meu pequenino. Foi um dia muito gratificante e me deixou um aprendizado enorme: nada pode fazer alguém mais feliz do que construir uma família, tão linda como a que temos. Uma vez, ouvi ou li em algum lugar que "mais difícil que ser amado, é amar". Concordo com o dito. Muitas pessoas podem nos amar, mas não amar a ninguém deve ser algo que deixa um tremendo vazio na vida de um indivíduo.

Sempre digo que dinheiro não traz felicidade, mas manda buscar. Porém, dinheiro nenhum paga o amor e carinho que me filho teve hoje e a infinita alegria dele, rodeado de muitos presentes, recebendo o pacote do Padinho e da Padinha, lá da Irlanda e divertindo-se por horas. Uma cena que dinheiro nenhum paga!

Deixo meu brinde à simplicidade, à felicidade e ao amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário